Com o fim do confinamento e o regresso faseado à normalidade, o trânsito voltou a aumentar. Contudo, parece que o período de paragem deixou alguns condutores menos confiantes. Segundo um estudo realizado pela Seat, 24% dos condutores sente-se mais nervoso durante a condução do que antes do início da pandemia de covid-19. Deste número, 44% aponta como principal causa a falta de prática no último ano, enquanto 42% culpabiliza o regresso do trânsito depois do confinamento.

Outro dado que merece destaque passa por 26% dos inquiridos referir que se sentem menos seguros quanto às suas capacidades de estacionamento do veículo. Por fim, os jovens dos 18 aos 24 anos de idade são o grupo mais afetado por este aumento de nervosismo ao volante, representado 38% das pessoas que se sentem menos seguras a estacionar.

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.