A Porsche apresentou a renovação do Porsche Macan que, para além de mudanças no exterior e interior, está mais potente.

A Porsche decidiu renovar o novo Macan antes de conhecermos a sua versão 100% elétrica. Neste restyling, o SUV compacto ganha novos argumentos estéticos, tecnológicos e um aumento de potência. Começando pelo exterior, destaca-se por ligeiros retoques na secção dianteira com o novo formato de entradas de ar, enquanto atrás recebe um difusor redesenhado. Se por fora as mudanças são simples e quase impercetíveis, o mesmo não se pode dizer no interior. No habitáculo o principal ponto de interesse é a inclusão do novo sistema de infotainment cujas informações são transmitidas no ecrã central de 10,9 polegadas. De referir que os botões físicos foram diminuídos ao mínimo possível, com os comandos da consola central a terem feedback háptico. O volante é, igualmente, novo e semelhante ao utilizado no Porsche 911.

Uma das principais novidades é o aumento de capacidades dos motores. Começando pela versão de entrada, o Porsche Macan, o motor quatro cilindros de 2.0 litros turbo chega aos 265 cv (mais 20 cv) e 400 Nm de binário (mais 30 Nm). Com estes valores é possível acelerar dos 0 aos 100 km/h em 6,2 segundos, uma melhoria face aos 6,7 segundos do pré-restyling.

Já o Macan S, equipado com o V6 biturbo de 2.9 litros, debita 380 cv (mais 26 cv) e 480 Nm de binário. Este aumento tem influência nos valores de performance ao passar dos 5,3s para os 4,6s na aceleração dos 0 aos 100 km/h, enquanto a velocidade máxima é de 259 km/h.

Quanto ao Porsche Macan GTS, o topo de gama, está equipado com uma motorização semelhante à do Macan S, mas com 440 cv (mais 60 cv). Nesta versão, o Porsche Macan demora 4,3 segundos a ir dos 0 aos 100 km/h. Quanto à versão Turbo, a ausência da gama poderá indicar que será a denominação adotada pela versão elétrica, isto se a marca alemã continuar com a mesma filosofia já vista no Taycan, ou seja, em adotar o nome Turbo.

Ainda ao nível mecânico, o chassis sofreu pequenas alterações, em especial o Porsche Active Suspension Management que recebe uma nova afinação com o objetivo de conferir ao SUV um melhor comportamento em curva. Já o GTS está equipado, de série, com suspensão pneumática desportiva que o deixa 10 mm mais próximo do solo. Por fim, O renovado Porsche Macan já pode ser encomendado com os preços a começarem nos 80913 euros (versão base), valor esse que pode subir até aos 123735 euros no GTS. As primeiras entregas estão previstas para outubro.

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.