A Polícia Judiciária anunciou que, no âmbito da “Operação Gama Alta”, deteve 10 pessoas suspeitas de estarem envolvidas num esquema de aquisição, pagamento fraudulento e fictício de diversos automóveis de gama alta (Porsche, Ferrari, Mercedes, Audi, entre outras marcas) avaliados em algumas centenas de milhares de euros.

Segundo conta a Polícia Judiciária, a investigação apurou que os arguidos, “após se apossarem dos veículos, efetuaram sempre os respetivos pagamentos por meio de transferências bancárias simuladas ou fictícias, cuja verificação, em tempo útil, não era viável pelos proprietários junto das respetivas instituições bancárias, o que permitia àqueles efetuar a alteração do registo de propriedade dos veículos de forma célere, para depois os descaminharem para fora do território português, através de intermediários ligados ao ramo automóvel.”

Os nove homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 20 e os 71 anos, vão ser presentes às autoridades judiciárias competentes e vão responder pela autoria dos crimes de associação criminosa, burla qualificada, falsificação de documentos e detenção de arma proibida.

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.