O Jeep Wrangler é um dos SUV/Jipe que mantém a imagem pela qual ficou conhecido. De facto, a história militar continua bem presente, bem como as capacidades fora de estrada. Agora, a nova versão Rubicon 392 acrescenta a isto a possibilidade de ter um motor HEMI V8 de 6.4 litros com 470 cavalos e 637 Nm de binário, o que o torna no Wrangler mais potente de sempre. Esta solução ainda mais radical foi obrigada a receber reforços de carroçaria para suportar toda a força desta motorização. Destaque para componentes em aço no subchassis dianteiro, mas também novos braços de suspensão.

Ainda ao nível mecânico, o Rubicon 392 está equipado com pneus cardados BF Goodrich, eixos Dana 44 reforçados, amortecedores Fox, redutoras com duas velocidades e tração integral permanente, ao contrário do Wrangler base. Face às versões convencionais, o Rubicon 392 também se apresenta cinco centímetros mais alto. Por fim, no interior encontramos detalhes específicos desta versão e menus especiais no sistema de infotainment. De facto, o ecrã central de 8,4 polegadas recebe o “Off-Road Pages” que garante informações relativas a dados de off-road, como por exemplo, distribuição de potência.