Há poucos dias, começaram a surgir os primeiros rumores de que Stephan Winkelmann podia assumir o cargo de presidente da Lamborghini. Hoje, a marca italiana de supercarros informou que é mesmo verdade, Winkelmann vai assumir as funções de presidente e CEO da Automobili Lamborghini a partir de 1 de dezembro de 2020. O sucessor de Stefano Domenicali, que abandonou o cargo para ser o novo CEO da Fórmula 1 em 2021, vai continuar a ser, também, presidente da Bugatti S.A.S. Ou seja, neste momento Winkelmann é líder em dois dos melhores fabricantes de supercarros da atualidade.

“É para mim uma grande honra e um prazer liderar estas duas empresas únicas, com automóveis extraordinários. Estou ansioso por enfrentar este novo desafio. A Bugatti é sinónimo dos melhores, mais potentes, elegantes e luxosos hiperdesportivos do mundo. A Lamborghini é a emblemática expressão dos superdesportivos mais exclusivos, com um design e uma inovação excecionais. A nossa criatividade, em ambas as empresas, ainda não chegou, de todo, ao seu máximo e o mundo tem ainda garantidas algumas surpresas”, comentou Stephan Winkelmann.

Porém, de recordar que Winkelmann já conhece “os cantos à casa” italiana, porque já foi dono deste cargo entre 2005 e 2016. Durante esse período foi o responsável pelo lançamento de várias versões do Gallardo, Murcielago e o lançamento do Aventador.

Fonte: Lamborghini