A Ford deu início a uma nova etapa da sua eletrificação com o arranque de produção do novo Kuga Hybrid, versão que declara uma autonomia de 1000 quilómetros. Tratando-se de um full hybrid, o Kuga está equipado com uma bateria de 1,1 kWh que tanto pode ser carregada pelo motor de combustão, com 2.5 litros a gasolina, como pelo sistema de travagem regenerativa e nas desacelerações.

O Kuga Hybrid é um dos 17 veículos eletrificados que a Ford vai apresentar na Europa até ao final do próximo ano e juntar-se-á ao Kuga Plug-In Hybrid bem como ao EcoBlue com tecnologia mild hybrid de 48 Volts. Para além disso, dispõe na gama de motorizações convencionais a gasolina e gasóleo, passando a ser uma das mais abrangentes do mercado. O novo Hybrid vai estar disponível, em opção, numa versão de tração integral inteligente.

O novo Kuga Hybrid declara um consumo combinado de 5,4 l/100 km segundo as normas WLTP e aponta aos clientes que pretendem um SUV eletrificado mas que não dispõem de uma solução de carregamento. As transições entre propulsão elétrica, híbrida ou a gasolina são geridas automaticamente e a transmissão de variação contínua simula a mudança de velocidades para um maior conforto de utilização. Vai estar disponível associado a seis níveis de equipamento diferentes.