A Bosch anunciou que vai criar uma fábrica de semicondutores na Alemanha para fazer frente à escassez que tem afetado várias indústrias, nomeadamente a automóvel. Este investimento de sensivelmente mil milhões de euros vai criar 700 postos de trabalho e o início de produção está previsto já para o próximo mês de julho, mas para a indústria automóvel a produção só começa em setembro.

“chips para veículos são a derradeira disciplina na tecnologia de semicondutores” revela Harald Kroeger, membro do conselho da Bosch. “Isto acontece porque, nos veículos, os pequenos blocos de construção precisam de ser especialmente robustos”, acrescentou. Para além disso, é um componente cada vez mais utilizado nos automóveis. A título de curiosidade, “em 2016, cada veículo novo tinha uma média mundial de nove chips da Bosch a bordo, em dispositivos como a unidade de controlo de airbag, sistema de travões e sistema de assistência ao estacionamento. Em 2019, o número já é superior a 17”, revela a Bosch.

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.