As 981 681 unidades entregues a clientes no primeiro semestre de 2021 são um novo recorde para a Audi.

A Audi revelou o relatório relativo ao primeiro semestre de 2021 e os números são positivos. De acordo com o documento, a marca alemã teve o melhor primeiro semestre da história ao entregar 981681 unidades entre janeiro e junho. “A tendência positiva no início do ano continuou nos meses até junho: concluímos com sucesso o primeiro semestre. O nosso desempenho financeiro mostra que lidámos bem com os desafios da escassez global de semicondutores, graças a contramedidas abrangentes, e fomos capazes de aproveitar as oportunidades do desenvolvimento do mercado”, refere Jürgen Rittersberger, membro do Conselho de Finanças e Assuntos Jurídicos na Audi.

“O elevado número de veículos entregues, mesmo ultrapassando os níveis anteriores à crise, é a boa rentabilidade são uma confirmação das capacidades da nossa empresa e da atratividade do portfólio de produtos”, acrescentou Jürgen. O número de entregas deve-se bastante ao mercado chinês onde foram vendidas 418749 unidades, um crescimento de 38,4% face a igual período em 2020. Logo a seguir surge o mercado europeu com 351588 unidades vendidas, mais 32,7% do que no período homólogo em 2020.

No que toca a modelos, não é de estranhar que os SUV estejam na ordem do dia. O Audi Q5 foi o mais vendido (157806 unidades), seguido por um “não SUV” Audi A6 (152287 unidades) e Audi Q3 (140143 unidades). A título de curiosidade, o elétrico Audi Q4 e-tron já conta com 2289 unidades vendidas.

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.