Fez match com as suas calças de ganga? Salsa cria Tinder para jeans

A Salsa Jeans criou um passatempo para o Dia dos Namorados, em que o objetivo é conversar com um par de jeans e, caso haja um "match", o utilizador recebe umas calças como prémio.

A Salsa Jeans criou um passatempo para o Dia dos Namorados, em que o objetivo é conversar com um par de jeans e, caso haja um "match", o utilizador recebe umas calças como prémio.

A mais famosa marca de jeans portuguesa criou um passatempo para o Dia dos Namorados em que oferece aos utilizadores a hipótese de ganharem um par de jeans. Mas, para isso, há um desafio: é preciso conversar com eles, conquistá-los e, quem sabe, marcar o primeiro encontro.

A Salsa decidiu aumentar a probabilidade de encontrar pares românticos em vésperas do Dia de S. Valentim. Mas, em vez de humanos, a marca oferece um chat com os seus tão conhecidos jeans. O desafio vai decorrer até ao dia 14 de fevereiro e para participar basta aceder ao site Love Wear Jeans e tentar conquistar o par de calças da sua vida através de quatro simples passos: registar-se, fazer um upload de uma das peças Salsa e descrevê-la com originalidade, de seguida escolher o par de calças que pretende seduzir e, por último, tentar conquistá-lo.

Este passatempo foi idealizado e desenvolvido pela agência de marketing portuguesa Vitamina., com quem a Salsa tem uma parceria. Ambas do Norte do país, João Costa, fundador desta startup, conta ao ECO que: “devido ao lado geográfico, acabou por ser inevitável cruzarmo-nos de alguma forma“. A parceria nasceu de uma “proposta de ativação de um social media day“, onde “cada seguidor no Instagram da Salsa significava uma doação de 0,50 euros para a luta contra o cancro da mama”.

Nascida de “um sonho sempre ligado a startups“, e de um projeto de dois sócios, João Costa explica que todo este processo de conversar com um par de jeans se torna possível graças à “costumização de bots” e que, até agora, o “número de participações tem superado bastante as expectativas”. Quanto ao objetivo desta campanha/passatempo, o CEO adianta que passa por “envolver emocionalmente as pessoas com a marca, ao mesmo tempo que têm contacto com os produtos”. Mas, sobretudo, “que a marca sirva como um catalisador deste momento bom que é o Dia dos Namorados na vida das pessoas”.

(Notícia atualizada às 12h42 com mais informação)

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Desporto, Atualidade, Entretenimento, Tecnologia, Lifestyle e Motores.