Penafiel lembra ligação afetiva a Moçambique e cria rede para de recolha de bens

Penafiel vai criar uma rede de recolha de bens para apoiar as vítimas do ciclone que assolou Moçambique, disse hoje à Lusa o presidente da Câmara, Antonino Sousa, recordando a "ligação afetiva" do concelho àquele país.

"Se a literatura e os afetos já nos uniam, perante uma catástrofe como esta sem precedentes, vamos passar das letras para ação no terreno, para fazer tudo o que nos for possível para apoiar este país irmão", comentou o autarca.

Antonino Sousa recordou que em 2011, durante vários dias, "Penafiel foi a cidade do escritor moçambicano Mia Couto, no âmbito do festival literário Escritaria". Anotou também que Penafiel tem ligação a Moçambique através da Casa do Gaiato.