SBK: Yonny Hernández recupera para Buriram

Piloto colombiano com evolução positiva do estado físico

A estreia do piloto colombiano no Mundial de Superbikes não correu da melhor forma. Isto porque uma queda na primeira corrida de Phillip Island deixou marcas em Yonny Hernández – foi declarado inapto – e assim foi forçado a falhar a segunda corrida no circuito australiano, que acolheu o arranque da temporada de 2018.,

No seu regresso à Europa, mais concretamente a Barcelona, o piloto do Team Pedercini foi submetido a novos exames médicos que detectaram uma luxação esternoclavicular (clavícula) para além de ter também dores no peito. Para recuperar destes problemas físicos o antigo piloto do Mundial de Superbikes tem sido submetido a sessões de fisioterapia, sendo que já recebeu parecer médico positivo, por parte do conhecido Dr. Xavier Mir, para competir na próxima jornada do Mundial, que terá lugar entre os dias 23 e 25 de março no circuito de Buriram (Tailândia).

“O Yonny não tem problemas físicos graves. Falei com ele ontem e disse-me que praticamente já não tem dores. Está ainda a fazer fisioterapia, mas as expectativas são boas para Buriram. Acreditamos que pode fazer um bom trabalho, mas agora o Yonny tem de ganhar confiança. Penso que em Aragão já estará em plenas condições para ser competitivo”, disse ao site do Mundial Luca Pedercini, o chefe de equipa do Team Pedercini.

De referir que apesar de já ter sido declarado apto, Yonny Hernández terá ainda de ser observado pelo médico do circuito de Buriram e só após receber luz verde é que poderá sair para a pista.

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Motores, Atualidade, Entretenimento, Lifestyle, Tecnologia e Desporto.

Subscreva para receber no seu email, a dose diária recomendada de informação, sem contraindicações.