Bom, na realidade foi a segunda, pois a “AA 00 AA” ficou guardada pelo Instituto da Mobilidade e Transportes (IMT) para “memória futura”. Assim, o foi um carro elétrico, foi o primeiro a receber as novas chapas de matrícula, no caso a “AA 01 AA”. Curiosamente, a última matrícula da anterior geração, a “99-ZZ-99” foi aplicada, igualmente, num veículo elétrico. Esta nova numeração das matrículas deverá ter combinações suficientes para 45 anos.

As novas matrículas não têm a indicação do amo ou do mês de compra, deixam de existir traços a separar os três grupos de caracteres. Eramos o único pais da União Europeia que tinha na matrícula o ano e o mês de registo, mantendo, apenas, a zona azul onde estão as estrelas da União Europeia e a letra P de Portugal. Não é obrigatório trocar para o novo formato se por algum motivo tiver de mudar de matrículas, podem optar pelo formato antigo ou converter para o novo. Por exemplo um carro com a matricula “00-AA-00” com a zona amarela, pode apagar essa zona e ficar “00 AA 00”.