Polestar 1: Uma das estrelas de Goodwood

O Polestar 1, modelo GT Hybrid de alta performance, foi uma das estrelas do Festival de Goodwood, que se realizou o fim de semana passado em Inglaterra.

O Polestar 1, modelo GT Hybrid de alta performance, foi uma das estrelas do Festival de Goodwood, que se realizou o fim de semana passado em Inglaterra.

Pilotado por Joakim Rydholm, Chief Test Driver na Polestar, este novo modelo brilhou a grande altura na rampa deste festival de velocidade britânico. Com 600 cv e 1.000 Nm de binário este coupé consegue percorrer 150 km em modo puramente elétrico, tendo realizado recentemente, uma bateria de testes de estrada na Suécia, nos quais os resultados foram muito positivos.

“Os ingredientes para se conseguir criar a melhor performance dinâmica são os mesmos, seja para um automóvel elétrico, seja para um automóvel com motor de combustão interna. Uma resposta imediata da suspensão, uma direcção directa, previsível e consistente e travões poderosos são elementos chave que os melhores automóveis do mundo não dispensam. É exactamente nisso que estamos a trabalhar e queremos trazer para a Polestar”, afirmou  Joakim Rydholm.

Com um percurso iniciado na Volvo Cars no ano de 2008, Joakim Rydholm desempenha um papel crucial no desenvolvimento dos automóveis Polestar – do passado, presente e futuro. Com um percurso que combina experiência no desenvolvimento de novos modelos e uma carreira de sucesso no rally, tem vindo recentemente a aplicar o seu vasto conhecimento na afinação do novo Polestar 1.

“Eu adoro este automóvel e foi muito divertido de o conduzir em Goodwood, num evento onde sempre quis participar. Tenho passado muitas horas com o Polestar 1 e poder conduzi-lo em Inglaterra, junto com os maiores nomes do desporto motorizado foi uma experiência verdadeiramente inesquecível”, continuou o piloto.

“Em 22 anos no desenvolvimento de chassis para diversos tipos de automóveis, nunca tinha experimentado um pack tão desafiante como o do Polestar 1. A performance elétrica é tão imediata e excitante e, em conjunto com o binário imediatamente disponivel, torna a condução muito envolvente. Se a isto tudo juntarmos a suspensão Öhlins, travões Akebono e a presença da fibra de carbono, podemos imaginar o nível de performance que o modelo consegue entregar!”, concluiu Rydholm.

Em 2008, o seu primeiro projecto foi o desenvolvimento do famoso Volvo C30 Polestar Concept. Posteriormente, os seus projectos de Investigação e Desenvolvimento incluiram muitos dos recentes modelos desenvolvidos com a plataforma SPA mas a sua relação com a Polestar foi fortalecida em 2013. Nessa altura, Joakim foi responsável pelo desenvolvimento do chassis nos modelos S60 e V60 Polestar – viaturas que cimentaram a posição da Polestar enquanto braço de performance da Volvo Cars.

Em 2016, a sua colaboração incluiu não só o desenvolvimento de componentes de chassis Polestar para os modelos Volvo mas também o início do desenvolvimento do modelo Polestar 1. Hoje em dia, a sua responsabilidade extende-se aos futuros modelos da Polestar, e às soluções apresentadas para a gama Volvo S60, V60 e XC60.

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Motores, Atualidade, Entretenimento, Lifestyle, Tecnologia e Desporto.

Subscreva para receber no seu email, a dose diária recomendada de informação, sem contraindicações.