Pereira Coutinho negoceia venda da SIVA à Volkswagen (atualizado)

A SAG - Soluções Automóvel Globais encontra-se em negociações avançadas para vender a SIVA à Porsche Holding Salzburg, detida a 100% pela fabricante alemã Volkswagen, indica o Jornal Económico (acesso pago) esta sexta-feira. O negócio deverá ficar concluído em setembro.

A SAG - Soluções Automóvel Globais encontra-se em negociações avançadas para vender a SIVA à Porsche Holding Salzburg, detida a 100% pela fabricante alemã Volkswagen, indica o Jornal Económico (acesso pago) esta sexta-feira.

(atualizado após comunicado da SAG)

A venda da distribuidora portuguesa tem como objetivo resolver alguns dos problemas financeiros atualmente sentidos pela holding de João Pereira Coutinho. Além disso, a concretizar-se, fará com que a maior distribuidora europeia de automóveis passe a colocar diretamente no mercado português as marcas que são hoje importadas pela SIVA: Volkswagen, Audi, Skoda, Lamborghini e Bentley.

Ainda segundo o Jornal Económico, o modo como a SIVA irá ser integrada no grupo alemã não foi, até esta altura, decidido: se será vendida apenas a subsidiária, se a SAG será vendida na sua totalidade ou se haverá uma participação minoritária da SAG na SIVA.

Recorde-se que a situação financeira da SAG tem afetado o negócio da sua distribuidora, que não tem conseguido importar automóveis suficientes para fazer face à procura existente no mercado nacional - o que impacta os concessionários e os seus funcionários (que ganham à comissão aquando da entrega da viatura ao cliente).

Estas dificuldades encontram-se assim espelhadas nos números de vendas no primeiro semestre deste ano: se por um lado as vendas das viaturas ligeiras novas dispararam quase 6% em Portugal (dados da Associação Automóvel de Portugal), os números da Audi (36,4%), Volkswagen (22,5%) e Skoda (27,8%) não acompanharam a subida.

SAG confirma conversas exploratórias

Num comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), esta sexta-feira, a holding portuguesa SAG GEST – Soluções Automóvel Globais, dona da SIVA, confirmou estarem a decorrer conversas exploratórias com potenciais investidores para a venda da totalidade ou parte da empresa, mas esclareceu que, até ao momento, não há qualquer acordo ou decisão a esse respeito.

"Não obstante decorrerem conversas exploratórias com potenciais investidores e outros stakeholders, não existe, à presente data, qualquer decisão ou acordo a esse respeito que deva ser objecto de divulgação pública, nem garantia de que tal venha a existir no futuro", pode ler-se no comunicado. "Se, e quando, se verificarem circunstâncias que o justifiquem, a SAG não deixará de proceder à comunicação relevante, em cumprimento das suas obrigações legais de Emitente".

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Desporto, Atualidade, Entretenimento, Tecnologia, Lifestyle e Motores.