Após o tumulto gerado pelo escândalo Carlos Ghosn, cujos estilhaços atingiram em cheio Hiroto Saikawa, a Nissan já encontrou um novo CEO.

Por proposta do Conselho de Administração da Nissan Motor Co. Ltd, foi nomeado como CEO da Nissan, Makoto Uchida. O até agora vice-presidente da Nissan e presidente da chinesa Dongfeng Motor Co Ltd, chegou á Nissan em 1991, passou pela Samsung Motors em 2012, foi vice-presidente para as compras da Aliança e da Nissan, tendo chegado a vice-presidente da Nissan em 2018.

Nascido em julho de 1966 (53 anos), Makoto Uchida será, também, o diretor executivo da casa japonesa. Na mesma ocasião, a Nissan nomeou o atual COO da Mitsubishi Motors Corporation, Ashwani Gupta, como representante executivo e COO da Nissan. O vice-presidente sénior da Nissan, Jun Seki, passa a ter o cargo de vice-presidente de operações, reportando diretamente a Gupta. As nomeações terão efeito a partir do dia 1 de janeiro de 2020.

Yasushi Kimura, presidente do conselho de administração da Nissan, referiu que “o conselho concluiu que Uchida é o líder certo para impulsionar os negócios da Nissan. O comité de nomeação da empresa liderou o processo de nomeação e avaliou os candidatos de acordo com a nova estrutura de governança da Nissan, criada em junho. Esperamos que Uchida lidere a empresa como uma equipa, concentrando-se, imediatamente, na recuperação dos negócios e a revitalização da companhia. E esperamos que Gupta e Seki alavanquem totalmente os seus conhecimentos e experiência para ajudar o novo CEO.”