MotoGP: Travão dianteiro tramou Jorge Lorenzo

Primeiro abandono na corrida inaugural desde 2014

Tal como há um ano atrás o piloto da Ducati começou a temporada na mó de baixo. Se em 2017 Jorge Lorenzo terminou apenas em 11º a sua primeira corrida com a marca italiana, agora ficou em branco, pois uma queda devido a problemas no travão dianteiro levou ao abandono quando rodava longe das posições cimeiras.

Este foi a segunda vez que Lorenzo iniciou uma época da classe rainha em branco, uma vez que o mesmo já tinha acontecido em 2014, então ao serviço da Yamaha.

“Não foi um dos melhores fins de semana. Tive muitos problemas e a minha queda resultou de um problema com o travão dianteiro. Logo na segunda volta percebi que algo não estava bem pelo que tentei controlar a situação. Contudo o problema foi ficando cada vez pior. Pensei que fosse algo relacionado com o sobreaquecimento, mas quando estava prestes a alcançar o Andrea Iannone não consegui travar a moto.  Protegi-me de modo a evitar danos maiores. Agora temos de perceber o que aconteceu para que o mesmo problema não surja nas próximas corridas”, referiu o tricampeão do mundo de MotoGP.

Um início de ano muito amargo para o piloto espanhol e que só vem aumentar a pressão para o seu lado. Isto se tivermos em conta que o seu companheiro de equipa, Andrea Dovizioso, iniciou a época com um triunfo categórico.

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Desporto, Atualidade, Entretenimento, Tecnologia, Lifestyle e Motores.