MotoGP: Miguel Oliveira nega contactos com a Tech 3

Piloto português focado na temporada que tem pela frente

No início desta semana fomos confrontados com a revelação de que a partir da temporada de 2019 a gaulesa Tech 3 será a formação satélite da KTM. À semelhança do que já fazem Honda, Yamaha e Ducati também a marca de Mattighofen entra na esfera das equipas privadas, naquela que virá a ser a sua terceira temporada em MotoGP.

Com esta notícia rapidamente os adeptos portugueses pensaram que pode estar a aqui a porta para a entrada do ‘nosso’ Miguel Oliveira na classe maior, depois de concluída a sua passagem pelo Moto2, onde representa desde 2017 a Red Bull KTM Ajo, equipa que já conhece desde os tempos de Moto3.

Porém no circuito de Jerez, palco por estes dias de testes oficiais do Moto2, o piloto luso reiterou aos microfones da Sport TV que esse cenário ainda não está em cima da mesa. “Não houve conversações com a Tech 3, mas esse também não é agora o meu trabalho. Aquilo que tenho de fazer, no presente, é pilotar a moto aos mais alto nível e obter os melhores resultados possíveis”.

No seu email. Sem contraindicações.

De segunda a sábado, consulte os especialistas em Desporto, Atualidade, Entretenimento, Tecnologia, Lifestyle e Motores.