A Tesla revelou que está a trabalhar na tecnologia de baterias que permita durarem mais de 1.6 milhões de quilómetros, a General Motors (GM) pelo visto está a fazer o mesmo.

O vice presidente executivo da GM, Doug Parks, falava numa conferência via Internet com investidores, quando revelou que o gigante norte americano esta a trabalhar no desenvolvimento de baterias que possam durar uma vida e que podem ser ainda mais sofisticadas que a bateria Ultium revelada em março.

Segundo aquele responsável, “estamos quase lá!” com esta nova tecnologia de longa duração, dizendo, também, que várias equipas dentro da GM estão a trabalhar em várias direções, incluindo a eliminação do cobalto, nas baterias de estado sólido e recarga ultra rápida.

As baterias Ultium da GM destacam-se pelo formato de bolsas largas que podem ser montadas na horizontal ou na vertical dentro da bateria, permitindo otimizar o armazenamento e o desenho do veículo. A autonomia destas baterias, com capacidade entre 50 e 200 kWh, podem chegar aos 644 km sendo capaz de chegar dos 0-100 km/h em menos de 3 segundos. No que toca ao carregamento, estas baterias têm 400 volts e permite carregamento ultrarrápido até 200 kW.

A GM está próxima de começar a fazer estas novas baterias, mas a Tesla está mais adiantada e graças a um acordo com a chinesa CATL, irá disponibilizá-las no final do ano, o mais tardar em janeiro de 2021, no Model 3 feito na China.