Foi o sindicato americano UAW quem anunciou que dois colaboradores das fábricas do Michigan e do Indiana, pertença da Fiat Chrysler Automobiles, faleceram vitimas do Covid-19.

Devido a proteger a privacidade dos falecidos, um porta voz da FCA recusou-se a dar informações mais precisas. O líder do UAW, Rory Gamble, disse em comunicado que “quero endereçar as mais sentidas condolências, minhas e de toda a administração, às famílias dos nossos dois colaboradores falecidos em consequência da infeção com Coronavírus. É uma tragédia terrível para a ‘família’ UAW.”

Recordar que a FCA fechou todas as suas fábricas nos Estados Unidos na passada semana, prebendo mantê-las encerradas até ao final do mês, avaliando depois a situação. A primeira dessas unidades a fechar foi a Sterling Heights, no estado do Indiana. Esta fábrica de transmissões, conheceu um caso de Covid-19 e de imediato foi fechada. Com estas duas mortes, são já três os colaboradores da FCA que faleceram vítimas de Covid-19.