O novo Classe S vai ser lançado no final deste ano apesar das disrupções provocadas pelo coronavírus e se falam muito da grelha do BMW Série 7, a Mercedes segue a tendência no Classe S.

É apenas a imagem da frente que a Mercedes decidiu revelar, deixando evidente que o novo Classe S terá uma face nova, embora não radicalmente diferente do atual. E Ola Kallenius já clarificou os rumores que diziam ter de ser adiada a revelação oficial do carro para 2021, ao insistir que será ainda este ano que o novo Classe S verá a luz do dia.

Conhecido internamente como W223, o novo Classe S terá um estilo mais convencional como fica evidente na foto. Nota-se o crescimento da clássica grelha Mercedes cromada com três barras horizontais e uma vertical e os faróis conhecidos de outros modelos da marca, com três focos de luz LED.

Ola Kallenius descreve o novo Classe S como “uma montra tecnológica”, referindo que a Daimler colocou “as suas mentes mais brilhantes e as pessoas mais criativas” a trabalhar no Classe S. Um carro que nas palavras do CEO da Mercedes “está num totalmente novo patamar de inteligência artificial e com eletrificação logo desde a base.”

A produção do Classe S começará em setembro em Sindelfingen e receberá o reforço do EQS, modelo semelhante, mas totalmente elétrico e dentro da gama EQ, em 2021. O EQS vai ser rival direto do Tesla Model S e do novo Jaguar XJ, esgrimindo um argumento que já se conhecia: baterias com zero emissões de CO2 fornecidas por um fabricante desconhecido, mas que alguns dizem ser já fruto de produção própria da Daimler.