Ano de recordes no Africa Eco Race

Elisabete Jacinto nos Camiões, João Rolo (KTM), Pedro Oliveira e Rui Oliveira, ambos em Yamaha, são os portugueses nas motos

Ano de recordes. A 10ª edição do Africa Race irá ter à partida mais de 200 concorrentes, que vão passar por Marrocos, Mauritânia e Senegal. Como sempre, chegar a Dakar é o objetivo.

Nove anos, 10ª Edição. 2018 marca já uma década de Africa Race, um evento que nasceu em 2009 e que foi ocupar o ‘lugar’ deixado vago pela ida do ‘outro’ Dakar para a América do Sul. Como tem vindo a suceder, lentamente, o evento continua a ganhar expressão, o que se prova pelo recorde de participantes, entre pilotos, autos e motos, e co-pilotos.

O evento arranca a 31 de dezembro no Mónaco, e conta com os vencedores do ano passado, Vladimir Vasilyev (autos), Gerard De Rooy (Camiões) e Pal Anders Ullevalseter (Motos). Para além de Elisabete Jacinto nos Camiões, participam ainda três pilotos portugueses nas motos, João Rolo (KTM), Pedro Oliveira e Rui Oliveira, ambos em Yamaha.

Elisabete Jacinto é a ‘veterana’ da comitiva lusa, já que vai participar pela nona vez no Africa Eco Race, e tem aspirações a um lugar no pódio: “A meta é chegar ao pódio, sei que não sou candidata, mas vou lutar para terminar no pódio já que a fiabilidade do meu camião me permite nas etapas de grande exigência de navegação de lutar de igual para igual com os camiões mais rápidos. O número de camiões inscritos é bastante superior ao ano passado, a prova vai passar em locais onde já passou, mas que nos últimos anos estiveram fora do percurso, e há duas etapas maratona que podem fazer toda a diferença, já que são indicadas para os veículos mais fiáveis como é o caso do meu camião”, afirmou Elisabete Jacinto, que considera ser o principal favorito a vitória este ano entre os camiões o holandês Gerard de Rooy, um especialista do Dakar, que se vai estrear no Africa Eco Race.

João Rolo, mostra-se satisfeito com a estreia na prova. “Estive inscrito no Lisboa-Dakar 2008, que infelizmente não partiu, no ano passado não consegui alinhar no Africa Eco Race, depois de estar inscrito, por uma questão de saúde e agora vou finalmente realizar o sonho de participar com o objetivo apenas de chegar a Dakar com a moto inteira, apesar de alinhar numa categoria, malle et moto, onde tenho de pilotar e dar assistência à moto, espero por isso uma grande aventura neste Africa Eco Race”, referiu.

Uma das grandes novidades da edição deste ano do Africa Eco Race é a realização de duas etapas maratona, onde os participantes não vão contar com assistência. “É a etapa 500 milhas que será realizada na Mauritânia e que serve para assinalar o 10º aniversário da prova e que será cumprida em dois dias e na qual não é permitida nenhuma assistência mecânica”, afirmou José Marques, o navegador de Elisabete Jacinto na apresentação da Edição 2018 do Africa Eco Race que decorreu no Museu do Desporto em Lisboa.
A RETER
• Um percurso variado com muita areia e dunas
• Poucas ligações
• Vários inícios e finais diretamente no bivouac
• Road book específico
• Muita navegação
• Duas etapas em ‘loop’
• Bivouacs autênticos, no meio do ‘nada’
• 12 etapas, 1 dia de descanso
• 6500 km

PROGRAMA
3ª Feira, 2 janeiro Etapa 1: NADOR / DAR KAOURA: 639km
4ª Feira, 3 de janeiro Etapa 2: DAR KAOURA / AGDAL: 479 km
5ª Feira, 4 de janeiro Etapa 3: AGDAL / ASSA: 421 km
6ª Feira, 5 de janeiro Etapa 4: ASSA / FORT CHACAL: 501 km
Sábado 6 de janeiro Etapa 5: FORT CHACAL / DAKHLA: 632km
Domingo 7 de janeiro DAKHLA – Dia de descanso
2ª Feira 8 de janeiro Etapa 6: DAKHLA / CHAMI: 650 km
3ª Feira 9 de janeiro Etapa 7: CHAMI / CHAMI: 508 km
4ª Feira, 10 de janeiro Etapa 8: CHAMI / AMODJAR: 478km
5ª Feira, 11 de janeiro Etapa 9: AMODJAR / AMODJAR: 486 km
6ª Feira, 12 de janeiro Etapa 10: AMODJAR / AKJOUJT: 453 km
Sábado 13 de janeiro Etapa 11: AKJOUJT / ST LOUIS: 558 km
Domingo 14 de janeiro Etapa 12: ST LOUIS / DAKAR: 292km

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Motores, Atualidade, Entretenimento, Lifestyle, Tecnologia e Desporto.

Subscreva para receber no seu email, a dose diária recomendada de informação, sem contraindicações.