Sete pessoas morreram desde outubro devido ao mau tempo em Moçambique

Sete pessoas morreram devido ao mau tempo desde outubro em Moçambique, disse hoje à Lusa o porta-voz do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC), Paulo Tomás.

As vítimas são oriundas das províncias de Manica e Tete, no centro do país, e Niassa, no norte, e as causas estão relacionadas com descargas atmosféricas e afogamento, disse Paulo Tomás.

No total, segundo o porta-voz do INGC, durante a época chuvosa que começou em outubro em Moçambique cerca de 543 casas foram parcialmente destruídas, afetando cerca de 2 mil pessoas.

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Motores, Atualidade, Entretenimento, Lifestyle, Tecnologia e Desporto.

Subscreva para receber no seu email, a dose diária recomendada de informação, sem contraindicações.