Funchal com ocupação hoteleira de 94% para a Festa da Flor que hoje começa

A Festa da Flor, um dos mais importantes cartazes turísticos do Funchal, na Madeira, começa hoje com a ilha a registar uma ocupação turística de 94%, segundo a Secretaria Regional do Turismo, que promove o evento.

"Madeira, primavera encantada" é o tema do programa da Festa da Flor deste ano, que decorre até 22 de abril, com um investimento público estimado em 315 mil euros.

A partir de hoje, os tradicionais tapetes e decorações florais ornamentam os passeios centrais da avenida Arriaga, uma das principais artérias do Funchal, em frente à Sé da cidade, promovendo uma tradição secular da Madeira.

A beleza das flores é mostrada, também, no jardim norte do Palácio de São Lourenço, decorado com elementos de grande dimensão, cobertos de flores naturais, estando ainda montadas naquela avenida pontos de venda de flores e outras produções regionais.

O programa inclui a 60ª edição da 'Exposição da Flor' na tenda colocada no Largo da Restauração.

O destaque vai, também, para uma exposição de "Bordado Madeira inspirado nas Flores" e para o "Vamos Florir a Cidade", projeto que começou há cinco anos, contando com a colaboração dos comerciantes e habitantes da cidade, instados a ornamentar fachadas dos edifícios, varandas, montras e entradas dos estabelecimentos com arranjos florais.

Um dos momentos mais importantes do programa será, no sábado, a construção do denominado "muro da esperança" por centenas de crianças que, depois de percorrerem a cidade, se concentram na Praça do Município, espaço que se transforma num "palco simbólico de uma mensagem de paz e esperança ao mundo".

O apogeu do cartaz está para marcado para domingo, com o cortejo alegórico, no âmbito do qual desfilam cerca de 1.400 pessoas, integradas em nove grupos.

"Madeira, Berço da Primavera", "Madeira é...", "A Dança das Flores", "Mil Cores", "Madeira -- Paraíso de Flores", "Jardim de Hortênsias", "Nas asas das borboletas", "O despertar da Primavera" e "Madeira o Reino Mágico das Flores" serão os temas que as várias trupes vão desenvolver neste cortejo.

Programados estão, ainda, uma corrida solidária e o projeto "Flores e Gastronomia", com várias ações que visam realçar as tradições regionais.

A música é outra componente importante desta festa, estando previstas atuações de diversos grupos folclóricos pela cidade, desfile de tunas femininas académicas, e a iniciativa denominada "Um dia com as Artes", que consiste na demonstração das atividades de alunos dos diversos agrupamentos do Conservatório - Escola das Artes da Madeira.

Outro momento musical marcante será, na sexta-feira, o concerto pela Orquestra Clássica da Madeira, no Teatro Baltazar Dias, dirigida pelo maestro Cesário Costa, com a participação do trompetista Abel Pereira como solista, que vai interpretar obras de Mozart e Strauss.

AMB // JLG

Lusa/fim

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Motores, Atualidade, Entretenimento, Lifestyle, Tecnologia e Desporto.

Subscreva para receber no seu email, a dose diária recomendada de informação, sem contraindicações.