Wall Street confiante nos bons resultados. Bolsas avançam

As bolsas americanas abriram com ganhos ligeiros e os investidores estão confiantes de que as empresas vão apresentar resultados satisfatórios nas próximas semanas. O Bank of America já o fez.

As bolsas americanas abriram com ganhos ligeiros e os investidores estão confiantes de que as empresas vão apresentar resultados satisfatórios nas próximas semanas. O Bank of America já o fez.

As bolsas norte-americanas arrancaram a semana com ganhos ligeiros, numa sessão marcada pela divulgação de resultados positivos pelo Bank of America, encarados pelos investidores como um bom presságio para a temporada de prestação de contas trimestrais que está agora a começar. O setor energético impede ganhos mais expressivos.

O S&P 500 está a avançar 0,01% para perto dos 2.802 pontos, enquanto o industrial Dow Jones valoriza 0,09% para cerca de 25.040 pontos. Já o tecnológico Nasdaq soma 0,11% a caminho dos 7.835 pontos, igualmente na expectativa de bons resultados das empresas.

O Bank of America apresentou resultados melhores do que as expectativas dos analistas. O número de empréstimos aumentou 2% no segundo trimestre, mas também os segmentos de depósitos e gestão de fortunas registaram crescimentos, na ordem dos 7%, segundo a Reuters. As ações do banco estão a subir 1,8% para 29,06 dólares.

No setor tecnológico, destaque positivo para as ações do Netflix. Os investidores estão à espera da apresentação de resultados satisfatórios esta segunda-feira, após o fecho dos mercados, o que está a puxar pelos títulos do serviço de streaming. As ações estão a valorizar 1,45% para 401,52 dólares.

A condicionar as bolsas estão as empresas do setor energético. A petrolífera Exxon Mobil está a desvalorizar 1,02% para 82,50 dólares, num dia marcado por quedas acentuadas nos preços do petróleo. Em Nova Iorque, o preço do barril de petróleo derrapa 2,15% para 69,48 dólares.

A queda é explicada pelo aliviar dos receios de que existam problemas de fornecimento, depois da reabertura de alguns portos na Líbia. Os investidores também antecipam que a Rússia vá aumentar a produção da matéria-prima.

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Desporto, Atualidade, Entretenimento, Tecnologia, Lifestyle e Motores.