Ryanair assina acordo com sindicato de pilotos italianos

Depois da Ryanair ter reconhecido sindicatos, fecha agora acordo com representantes italianos. Transportadora diz que está a negociar com associações de outros países europeus.

Depois da Ryanair ter reconhecido sindicatos, fecha agora acordo com representantes italianos. Transportadora diz que está a negociar com associações de outros países europeus.

A Ryanair confirmou, esta quinta-feira, num comunicado que assinou um acordo de reconhecimento sindical com a ANPAC (Italian Airline Pilots Association), que será a única representante dos pilotos em Itália para a empresa.

No comunicado, a Ryanair sublinha que este acordo surge na sequência de “negociações extensivas” com a ANPAC desde que a empresa anunciou em dezembro último que pretendia reconhecer os sindicatos para negociações coletivas.

“A Ryanair congratula-se com o compromisso positivo e construtivo da ANPAC, que levou à assinatura do acordo oito semanas depois da primeira reunião”, diz a companhia aérea, referindo que este acordo é “significativo porque Itália contribui atualmente para quase 80 dos mais de 400 aparelhos da frota [da companhia] e aproximadamente 20% do total de pilotos da Ryanair”.

A Ryanair espera trabalhar com a ANPAC e com o recém-eleito Conselho de Empresas ANPAC – Ryanair para concluir um Acordo Coletivo de Trabalho para os pilotos empregados em Itália, refere ainda o comunicado.

Em janeiro, a Ryanair assinou um acordo similar com a BALPA (British Airline Pilots’ Association) no Reino Unido, país que com Itália representa mais de 45% da equipa de pilotos da empresa.

A companhia refere ainda que está a negociar com sindicatos noutros importantes países da União Europeia para assinar mais acordos com pilotos e tripulações de cabine nas próximas semanas e ou meses.

No seu email. Sem contraindicações.

De segunda a sábado, consulte os especialistas em Desporto, Atualidade, Entretenimento, Tecnologia, Lifestyle e Motores.