PSD deu 24h. Governo responde em 2h remetendo para a PGR

O PSD deu 24 horas ao Governo para tornar pública a lista nominativa das pessoas que morreram na tragédia de Pedrógão. O Governo já respondeu com uma nota de Costa que remete a decisão para a PGR.

“O Governo tem 24 horas para tornar pública a lista nominativa das pessoas que perderam a vida na tragédia de Pedrógão Grande e de esclarecer quais foram os critérios”, disse aos jornalistas o líder da bancada parlamentar do PSD, Hugo Soares, em Lisboa, esta segunda-feira. O Executivo não tardou em resposta. Cerca de duas horas depois, o gabinete do primeiro-ministro emitiu uma nota em que remete a decisão para o Ministério Público.

Questionado sobre o que fará o PSD caso o Governo não responda favoravelmente a este ultimato, Hugo Soares respondeu que o partido vai “esperar pela reação do Governo”. “Eu não quero acreditar que o senhor primeiro-ministro e o Governo estão a fazer gestão política da tragédia que assolou Pedrógão Grande”, acrescentou.

Pedrógão: PM considera “chocante” discussão sobre critérios

Estas palavras de Hugo Soares já tiveram resposta por parte do Governo. “Como decorre da Lei, a divulgação da lista de vítimas será feita pelo Ministério Público se e quando o considerar adequado“, lê-se numa nota divulgada há momento pelo gabinete do primeiro-ministro. O Executivo recusa-se assim a divulgar a lista de vítimas do incêndio de Pedrógão Grande, reafirmando que esse processo encontra-se em “segredo de justiça”.

“O Sr. Primeiro-Ministro contactou hoje [segunda-feira] a Sra. Procuradora-Geral da República que confirmou que o segredo de justiça abrange a lista das vítimas”, lê-se ainda no comunicado.

(Atualizado às 19h41)