Mais de 45 voos cancelados devido a greve de pilotos em companhia de Taiwan

Mais de 45 voos foram cancelados na sequência do terceiro dia consecutivo de greve dos pilotos da China Airlines, operadora com bandeira de Taiwan.

Até ao momento não existe qualquer acordo entre o sindicato dos pilotos e a operadora.

A greve que acontece no período de comemorações do Ano Novo Chinês, já fez com que 47 voos fossem cancelados, de acordo com fontes oficiais.

Os pilotos exigem um sistema de promoção mais transparente, bónus de final de ano, um piloto adicional quando os voos têm a duração de mais de oito horas, entre outras.

Cerca de 70% dos 1.300 pilotos da empresa pertencem ao sindicato, que acusa a administração de falta de sinceridade e de pagar salários mais baixos comparativamente com outras companhias.

MIM //

Lusa/Fim

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Motores, Atualidade, Entretenimento, Lifestyle, Tecnologia e Desporto.

Subscreva para receber no seu email, a dose diária recomendada de informação, sem contraindicações.