Lucro da NOS sobe 17% nos primeiros nove meses do ano para 123 milhões de euros

No terceiro trimestre do ano, as receitas consolidadas somaram 0,7%, alcançando 395 milhões de euros, com as receitas do negócio de comunicações a aumentarem 0,9%.

O terceiro trimestre da operadora de telecomunicações liderada por Miguel Santos Almeida foi sinónimo de crescimento e de mais investimento em Portugal. O lucro da NOS subiu 17% nos primeiros nove meses do ano, face ao período homólogo, de 105,1 milhões de euros para 123 milhões, anunciou esta quinta-feira a empresa em comunicado.

No terceiro trimestre do ano, o resultado líquido consolidado aumentou 34,1% face ao mesmo período do ano passado, para 44,1 milhões de euros. Já as receitas consolidadas somaram 0,7%, alcançando 395 milhões, com as receitas do negócio de comunicações a aumentarem 0,9%.

Em resultado, o EBITDA — lucros antes de impostos, juros, depreciação e amortização — aumentou 3,5% para 156,2 milhões de euros, com a margem a progredir 1,1 pontos percentuais, para 39,5%.

De julho a setembro, a operadora intensificou, também, o seu investimento em tecnologia e redes, tendo o investimento total alcançado os 101 milhões de euros, o que representa mais 19,7% do que no igual período de 2017. O investimento total acumulado nos primeiros nove meses deste ano foi de 280,4 milhões, mais 6,5% do que no período homólogo.

Em causa está a modernização das redes, quer rede fixa, quer móvel. Quanto à última, esta “estará, no início de 2019, totalmente preparada para o desígnio do 5G”, pode ler-se no comunicado.

O número de serviços, de subscritores móveis, de clientes de televisão e de serviços de banda larga registaram uma evolução positiva. Já nos negócios de cinema e audiovisuais, o número de bilhetes vendidos situou-se em 2,378 milhões no terceiro trimestre, um decréscimo de 5,2% comparativamente com o período homólogo. De acordo com a NOS, a descida é explicada pela “ausência de grandes êxitos de bilheteira a nível mundial”.

(Notícia atualizada com mais informação às 17h03)

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Motores, Atualidade, Entretenimento, Lifestyle, Tecnologia e Desporto.

Subscreva para receber no seu email, a dose diária recomendada de informação, sem contraindicações.