UEFA abre processo disciplinar a incidentes no jogo entre Benfica e Ajax

A UEFA abriu procedimentos disciplinares contra Benfica e Ajax, na sequência de incidentes ocorridos no jogo de quarta-feira entre os dois clubes (1-1), da Liga dos Campeões, anunciou hoje organismo regulador do futebol europeu no sítio oficial na Internet.

O Benfica é acusado de ter infringido o regulamento de segurança da UEFA, no artigo que estipula que todos os locais públicos de passagem devem estar permanentemente desimpedidos, enquanto o clube holandês terá de responder por distúrbios provocados pelos adeptos e atos de vandalismo.

Em declarações à agência Lusa, a assessoria de comunicação da UEFA informou não ter recebido "qualquer queixa formal" do Ajax, devido a distúrbios provocados por um grupo de adeptos do Benfica no hotel em que estavam hospedados apoiantes da equipa holandesa, um dos quais sofreu ferimentos ligeiros.

A Polícia de Segurança Pública (PSP) informou que identificou sete pessoas, mas que nenhuma ficou detida, por não ter sido apanhada em flagrante delito, e o clube de Amesterdão manifestou na quinta-feira, através de um porta-voz, a intenção de apresentar uma queixa na UEFA.

As infrações de que são acusados os dois clubes, decorrentes do encontro da quarta jornada do Grupo E da Liga dos Campeões, que terminou empatado 1-1, serão julgadas pela Comissão de Controlo, Ética e Disciplina da UEFA em 22 de novembro.

RPC // JP

Lusa/Fim

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Motores, Atualidade, Entretenimento, Lifestyle, Tecnologia e Desporto.

Subscreva para receber no seu email, a dose diária recomendada de informação, sem contraindicações.