No dia 11 de Janeiro de 2019, Diogo Graça subiu ao pódio no campeonato da Alemanha de Supercross.

Contratado pela equipa oficial da Suzuki no final de 2018, o piloto de Cabeceiras de Basto teve assim a sua primeira oportunidade internacional e cedo mostrou que não iria desperdiçá-la!

Diogo Graça esteve sempre entre os mais rápidos da classe SX2 ao longo das três noites de competição em Dortmund

Dortmund é a maior prova de Supercross realizada na Alemanha e um dos maiores eventos da especialidade na Europa, com três noites de competição. É aqui que tradicionalmente termina o campeonato alemão ADAC SX.

À chegada a esta prova, Graça estava na disputa pelo 4.º lugar final no campeonato mas o seu objetivo era subir ao pódio!

Logo na primeira noite, na sexta-feira, o português conseguiu um bom arranque e aguentou a 3.ª posição durante toda a corrida, apesar da intensa pressão de Thomas Do, triplo campeão francês de Supercross!

Diogo Graça teve de defender-se de Thomas Do durante toda a corrida

Estava cumprido o objetivo e o sonho de um pódio num grande evento internacional onde, aliás, já tinham brilhado outros lusos como Joaquim Rodrigues em 2001 e Rui Gonçalves em 2002!

Diogo Graça no pódio com os franceses Julien Lebeau e Anthony Bourdon

Diogo Graça acabaria por regressar a Portugal para se sagrar campeão nacional de MX2, SX2 e SX Elite em 2019. Infelizmente, depois de não competir em 2020 devido a uma fractura numa perna, o minhoto ainda procura uma estrutura que o ajude a voltar aos campeonatos de Motocross e Supercross em 2021

:.

(Fotos: Team Castrol Power1 Moto-Base)