Andy Verdoïa torna-se o mais jovem vencedor de sempre de uma corrida de SSP depois de uma tempestade a meio da corrida trazer a Bandeira Vermelha para encurtar a distância total

O clima teve um papel enorme no resultado da primeira corrida de Supersport no Circuito de Barcelona-Catalunha, com Andy Verdoïa (Yamaha bLU cRU) a reclamar uma vitória chocante numa Corrida parada pela Bandeira Vermelha, enquanto o líder do campeonato, Andrea Locatelli (Yamaha Evan Bros.) não terminou no pódio pela primeira vez esta temporada.

Verdoïa não parou quando a chuva caiu em Montmeló e era o líder no momento da paragem, com 11 voltas das 17 programadas.

Verdoïa torna-se o primeiro vencedor das SSP300 a vencer em SSP, bem como o mais jovem vencedor das SSP, vencendo à frente de Lucas Mahias (Kawasaki Puccetti) e Kyle Smith (Yamaha GMT94) que completaram o pódio, Smith a substituir o lesionado Jules Cluzel.

O líder do campeonato, Locatelli, terminou no quarto lugar, depois de perder tempo quando a chuva começou a cair, mas liderava em condições secas. Apesar de ter tido um mau arranque e ter caído para o quarto lugar na Volta 2, uma volta mais tarde na Curva 1 passou por Mahias, Philipp Oettl (Kawasaki Puccetti Racing) e Corentin Perolari (GMT94 Yamaha).

Mahias, Smith e Locatelli foram os últimos pilotos a entrar nas boxes antes da Bandeira Vermelha ser mostrada, com os três prestes a voltar depois de trocarem de pneus, enquanto Verdoïa conseguiu ficar de fora sem problemas, mantendo a sua mota no caminho certo para reclamar a vitória.

Kevin Manfredi (Altogoo Racing Team) garantiu um impressionante top 5 final, terminando logo à frente de Steven Odendaal (EAB Ten Kate Racing) em sexto lugar e do campeão mundial de 2019 Manuel Gonzalez (Kawasaki ParkinGO Team) em sétimo.

Oettl ficou em oitavo lugar com Miquel Pons (Dynavolt Honda) nono

Axel Bassani (Soradis Yamaha Motoxracing) completou o top 10 com um décimo lugar, com o italiano a garantir o seu melhor resultado da temporada de 2020.