As cinco equipas de fábrica revelaram os seus alinhamentos para 2021, mas ainda há muitos lugares livres e pilotos no mercado…

A grelha do Campeonato do Mundo de Superbike 2021 está a começar a ganhar forma, com mais pilotos confirmados até à final da temporada no Estoril, mas com alguns pilotos e equipas de alto nível ainda por confirmarem os seus planos para a próxima temporada.

As cinco equipas de fábrica já confirmaram os seus alinhamentos para a próxima temporada, com Jonathan Rea e Alex Lowes a permanecerem na Kawasaki Racing e Álvaro Bautista e Leon Haslam na Honda HRC, os dois únicos fabricantes que mantiveram o mesma alinhamento que em 2020.

A Yamaha Pata tem um novo piloto para a temporada de 2021, com Andrea Locatelli, que já andou no Estoril, a subir à equipa Yamaha depois de uma impressionante campanha de estreia mundial, substituindo Michael van der Mark, que está a caminho da BMW Motorrad para ser o parceiro de Tom Sykes. Há mudanças na Ducati Aruba também na medida em que Michael Ruben Rinaldi se muda da Team GoEleven para substituir Chaz Davies, com o galês atualmente sem equipa para 2021.

A estrela norte-americana Garrett Gerloff vai continuar pela segunda temporada na Yamaha GRT Junior Team, juntando-se em 2021 a um novo companheiro de equipa, o estreante japonês Kohta Nozane, que já fez umas corridas na Endurance mas entra pela primeira vez no paddock das SBK.

Federico Caricasulo não tem atualmente lugar para 2021, depois da sua campanha de estreia menos que brilhante nas SBK com a Yamaha GRT.
Locatelli não é o único piloto a subir das SSP depois de uma temporada forte em 2020, com Lucas Mahias a manter-se na Kawasaki Puccetti para 2021, mas em SBK em vez das SSP, enquanto Isaac Viñales se forma com a Orelac Racing VerdNatura.
Atualmente, há sete equipas que entraram nas SBK a tempo inteiro em 2020 que não confirmaram a sua formação para a temporada de 2021, incluindo a Yamaha Ten Kate e a Ducati Goeleven, ambas candidatas a honras de independentes tanto para a equipa como para o piloto.

Enquanto Rinaldi tem o seu futuro resolvido, Loris Baz, que conquistou quatro pódios para a Ten Kate Racing em 2020, ainda aguarda confirmação do seu futuro e diz-se que Chaz Davies poderá ser um candidato ao seu lugar
Takumi Takahashi competiu pela Honda MIE Racing em 2020, mas nada foi confirmado sobre o seu futuro.

Na Motocorsa Racing, Leandro ‘Tati’ Mercado anunciou recentemente que não estaria com a equipa em 2021, com Axel Bassani a completar um teste de um dia no Estoril para a equipa, um dia depois da queda da bandeira de xadrez na temporada de 2020.
A Barni Racing Team, que correu com quatro pilotos ao longo da temporada de 2020 (Leon Camier, Marco Melandri, Samuele Cavalieri e Matteo Ferrari), ainda não confirmou os seus planos para a temporada de 2021, mas poderá regressar com o Suiço Randy Krummenacher, que saiu da MV Agusta em SSP este ano.

Outra se confirmações é a Kawasaki Outdo TPR, que tinha Sandro Cortese até que o alemão se lesionou em Portimão e foi excluído para o resto da temporada.

A equipa tinha corrido com Roman Ramos, Valentin Debise e Loris Cresson enquanto Cortese estava a recuperar das suas lesões.

A Brixx Performance ainda não confirmou os seus planos para a temporada de 2021, depois de ter competido em 2020 com Sylvain Barrier.

Em termos dos pilotos “apeados” o mais notório é Chaz Davies, mas há também Eugene Laverty, e os franceses Loris Baz e Sylvain Barrier.

Assim está o Mundial:

Kawasaki Racing : #1 Jonathan Rea, #22 Alex Lowes
Ducati Aruba: #45 Scott Redding, #21 Michael Ruben Rinaldi
Yamaha Pata Official Team: #54 Toprak Razgatlioglu, #55 Andrea Locatelli
Honda HRC: #19 Álvaro Bautista, #91 Leon Haslam
BMW Motorrad: #66 Tom Sykes, #60 Michael van der Mark
Yamaha GRT SBK Junior Team: #31 Garrett Gerloff, Kohta Nozane
Yamaha Ten Kate: Nenhum piloto confirmado
Ducati GoEleven: Nenhum piloto confirmado
Ducati Barni Racing: # 121 Randy Krummenacher ?
Kawasaki Puccetti:  #44 Lucas Mahias
Kawasaki Outdo TPR: Nenhum piloto confirmado
Kawasaki Orelac VerdNatura: #32 Isaac Viñales
Honda MIE Racing Team: Nenhum piloto confirmado
Motocorsa Racing: Nenhum piloto confirmado
Brixx Performance: Nenhum piloto confirmado