A estrela suíça foi vista a treinar com a Panigale V4 da formação italiana, e um regresso ao Mundial de SBK com a equipa independente da Ducati poderá estar nos seus planos futuros

Com o final de 2020, a preparação para 2021 já está em curso nas três classes do Mundial de SBK. Randy Krummenacher, campeão mundial de Supersport de 2019, reuniu-se há dias com a Ducati Barni no Circuito Mundial de Misano “Marco Simoncelli”, em Itália, para três dias de testes.

Krummenacher, o primeiro campeão mundial da Suíça em 2019, juntou-se à Equipa de Michael Barnabó para um teste de três dias, com os seus planos para 2021 já a começar a tomar forma.

A bordo da Ducati Panigale V2 955, a equipa, após consulta à Ducati, está a recolher dados para a versão mais recente do V-Twin da Panigale.

Randy Krummenacher tem um historial de testes em Misano para a equipa de Marco Barnabó, tendo montado a Ducati Panigale V4 R também no final de Maio, quando estava apeado depois de se incompatibilizar com a sua equipa MV Agusta Reparto Corse.

Krummenacher esteve ausente em 2020 após a decisão de se separar da equipa após a primeira ronda da temporada de SSP, classe em que tem gozado de quase todo o seu sucesso dentro do paddock do SBK.

Com muitas equipas de sucesso ainda por confirmar para a temporada de Supersport 2021, Krummenacher está ansioso para se adaptar à moto, habituar-se a andar de novo em pista e colocar-se na moldura para um contrato em 2021.