A proeminência de Kawasaki no Mundial de Superbike levou a uma das maiores histórias de sucesso do Campeonato. Reviva algumas máquinas clássicas da marca, revestidas em cores icónicas

A marca foi campeã pela primeira vez em 1993 com Scott Russell, que levou cinco vitórias, incluindo uma em Portugal

Uma força dominante no Mundial de Superbike, a Kawasaki tem estado com o Campeonato fornecendo memórias quase desde o início.

O construtor japonês conquistou seis campeonatos de pilotos, cinco títulos de fabricantes e venceu mais de 100 corridas; olhe para trás para os modelos icónicos que já correram no Campeonato e reacenda algumas dessas memórias mágicas com uma máquina verde icónica.

A primeira vitória de Kawasaki veio de Adrien Morillas (37 acima) no Hungaroring na primeira temporada de SBK, em 1988, num GPX 750.

A ZXR 750 foi o próximo vencedor da Kawasaki; uma primeira vitória em 1990 em Brainerd com Doug Chandler. Depois, a ZXR 750R e a primeira vitória de Aaron Slight (13) em 1992, antes da marca ser campeã pela primeira vez em 1993 com Scott Russell, (11 acima) que levou cinco vitórias, incluindo uma em Portugal.

Russell foi segundo em 1994, mas Anthony Gobert (17) venceu em 1995 e em 1996, na nova ZX-7RR.

Akira Yanagawa (4) tornou-se sinónimo de Kawasaki entre 1997 e 2001, tendo três vitórias ao longo da temporada, enquanto Hitoyasu Izutsu tornou-se o primeiro wildcard japonês a fazer a dobradinha em Sugo em 2000, numa Kawasaki.

Uma nova ZX-10R entrou nas SBK em 2004 e, apesar de Mauro Sanchini liderar com uma em Misano, nunca conquistou um pódio.

A ZX-10R subiu ao primeiro pódio em 2005 com Chris Walker em Valência antes de fazer uma incrível viagem em Assen em 2006 para vir de último à chuva para vencer, dando à Kawasaki a sua primeira vitória desde 2000 e a primeira para o novo modelo ZX-10R.

Um pódio ficou entre essa vitória e a seguinte, com Fonsi Nieto a chegar a casa em terceiro em Magny-Cours em 2007, antes de surgirem grandes atualizações para 2008.

O Nurburgring em 2011 viu um novo modelo ZX-10R chegar à frente, com Tom Sykes dando-lhe a primeira vitória no molhado. 2012 viu o desafio para o título com Sykes, que levou quatro vitórias a caminho do segundo lugar, enquanto o colega de equipa Loris Baz conseguiu a primeira vitória na carreira em Silverstone.

Em 2013, Sykes foi um lugar melhor e tornou-se o primeiro Campeão Kawasaki em 20 anos, enquanto Baz ganhou em Silverstone novamente. Desde então, só foram derrotados uma vez pelo título, por Guintoli na Aprilia, em 2014.

Jonathan Rea juntou-se à Kawasaki em 2015 e venceu a sua primeira corrida na Austrália, antes de superar uma rivalidade com Chaz Davies, da Ducati, para assumir a coroa.

Um modelo renovado da ZX-10R foi revelado em 2016 e depois a ZX-10RR veio em 2018.

Rea alcançou cinco títulos no total, com 74 vitórias também. Nessa altura veio Toprak Razgatlioglu, que conseguiu a primeira vitória em Magny-Cours em 2019, e melhor Independente numa ZX-10RR.

Em 2020, o novo piloto Alex Lowes chegou a liderar a classificação e Jonathan Rea assumiu de novo a coroa; poderão as Kawasaki ser derrotadas em 2021?

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.