Valentino Rossi, Yamaha Monster, 2º com 1:58.596 

“É muito bom, estou muito contente com este segundo lugar, tive de fazer de lebre ao Miller, mas não tive muito tempo e especialmente porque ninguém queria estar à frente…”

“A minha moto estava a trabalhar bem, todo o fim-de-semana trabalhámos bem, tinha muito boa aderência e portanto pude puxar e isso foi muito importante, diverti-me imenso na volta rápida..”

“Há muito tempo que não estava na primeira fila, isso é bom, mas o problema é ser só a segunda vez esta época… Para mim,, lutámos com dificuldades nos treinos, desde Mugello até ao Sachsenring foi um dos mais difíceis períodos da minha carreira, não tinha sensação com a moto… com a exceção de Barcelona, mas aí veio aquele queda com o Lorenzo…”

“Por esta razão, estou muito, muito orgulhoso deste segundo lugar, porque a partir da segunda metade da época mudámos… bem… qualquer coisa na moto e comecei a recuperar, e ter um ritmo decente, na Áustria já foi melhor e estamos agora em Silverstone  e também estamos mais rápidos,,,. Mas o importante é amanhã e quero tentar lutar pelo pódio…”