MotoGP: Oliveira pegado às KTM oficiais, Petrucci comanda domínio Ducati

Final dos primeiros ensaios do ano

Estão concluídos os testes oficiais de pré-época de MotoGP no circuito de Sepang, que animaram os últimos três dias naquele que foi o primeiro apronto em pista de 2019 na preparação da nova época.

Tempo de retomar sensações aos comandos das diferentes motos e de Miguel Oliveira provar que está cada vez mais adaptado a uma nova realidade em cada saída para a pista com a KTM RC16. Hoje o luso completou apenas 38 voltas, programa mais curto em comparação com os dias anteriores, e quedou-se pelo 19º posto.

Na sessão de hoje, que voltou a ter a duração de oito horas, Oliveira  rodou pela primeira vez em Sepang abaixo dos 2m00s. Miguel parou o ‘crono’ em 1m59.949s e ficou novamente muito perto do piloto oficial da KTM, Pol Espargaró, que surge em 18º na folha de tempos. Os dois pilotos ficaram separados por 0.198s. De referir que o português ficou igualmente perto de outro piloto oficial da KTM, Johann Zarco (hoje apenas 17º), com a diferença a situar-se em pouco mais de 0.3s.

Ligeiramente mais perto de Miguel Oliveira, mas ainda significativamente longe continua o malaio Hafizh Syahrin, que nem tendo do seu lado o facto de conhecer como ninguém Sepang conseguiu catapultar a sua performance em pista. O outro piloto da KTM Tech 3 ficou a mais de meio segundo de Miguel Oliveira e foi sempre mais lento nestes ensaios do que o português estreante em MotoGP.

Quanto ao topo da folha de tempos o destaque vai para a Ducati que colocou quatro motos nas primeiras quatro posições, naquela que é uma clara demonstração de força por parte do construtor italiano. Uma jornada novamente marcada por temperaturas muito elevadas, mas que ficou marcada por tempos muito rápidos, sendo mesmo a mais veloz destes três dias.

A tabela do dia é liderada por Danilo Petrucci com o tempo de 1m58.239s, marca que é igualmente a mais rápida destes ensaios e bate em mais de 0.8s o recorde oficial da volta mais rápida de um protótipo de MotoGP (1m59.053s) em Sepang, que está nas mãos de Dani Pedrosa desde 2015. Mesmo em relação ao melhor tempo obtido ontem, que foi ada autoria de Maverick Viñales, Petrucci bate tal registo por mais de meio segundo.

Seguiram-se surpreendentemente as duas motos da Pramac, Francesco Bagnaia (melhor estreante) e Jack Miller, enquanto Andrea Dovizioso quedou-se pelo quarto posto. O melhor dos ‘outros’, leia-se não Ducati, foi Maverick Viñales com a sua Yamaha o quinto lugar, enquanto Cal Crutchlow foi o sexto, melhor Honda, e o último homem a conseguir rodar no segundo 58.

Num dia que teve menos acção em pista e onde as equipas terminaram mais cedo os seus programas, de referir que sete pilotos rodaram abaixo do recorde oficial e 12 pilotos couberam dentro do mesmo segundo.

Os testes de pré-época regressam no circuito de Losail (Qatar) entre os dias 23 e 25 de fevereiro.

Classificação:

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Motores, Atualidade, Entretenimento, Lifestyle, Tecnologia e Desporto.

Subscreva para receber no seu email, a dose diária recomendada de informação, sem contraindicações.