Oliveira liderou conclusivamente o derradeiro treino do ano, com Nakagami a cair mas Espargaró a superar o português nos últimos segundos, apesar de uma queda anterior

A meia hora do Treino Livre 4 era uma última oportunidade para afinar as motos para o exigente traçado de Portimão, com a escolha quase universal dos pilotos a recair sobre um pneu duro na frente e traseira, com as exceções de Viñales que optou por um médio na traseira e também Joan Mir que optou por dois médios.

O primeiro comandante da sessão, com Oliveira a aparecer em quinto, foi Takaaki Nakagami seguido de Pol Espargaró, mas já Oliveira atacava a 21 minutos do final com uma volta que lhe daria o comando da tabela, começando por saltar primeiro para segundo atrás de Nakagami, e Maverick Viñales saltava para quarto com Aleix 5º quando Espargaró vinha cair na curva um.

A seguir, Oliveira juntava outra volta rápida que o iria colocar no comando e a sua liderança ficaria ainda mais consolidada quando o segundo mais rápido Nakagami caiu aparatosamente a sete minutos do final, deixando Pol Espagaró em terceiro, ainda a atacar a volta rápida e ,claro colocando as KTM muito bem com Binder também em oitavo.

A seguir seria Viñales a atacar para chegar a terceiro e Valentino Rossi confessando dificuldades na sua M1 no traçado algarvio, era apenas 17º.

A uns segundos do final Zarco rebentava o motor da sua Ducati que vinha para a box com grande fumarada e já com a bandeira mostrada, Espargaró juntou tudo numa volta rápida para suplantar Oliveira por 34 milésimas!

MotoGP, TL4, Top 10

144P. Espargaró1:40.150288M. Oliveira+0.034330T. Nakagami+0.040412M. Viñales+0.059541A. Espargaró+0.071673A. Marquez+0.322720F. Quartararo+0.348821F. Morbidelli+0.415933B. Binder+0.445106S. Bradl+0.458