Embora tenha perdido a aclamação e o ruído maravilhoso de uma multidão em casa, Miguel Oliveira esteve entre os pilotos mais rápidos ao longo dos treinos livres e, com Pol Espargaro mesmo à frente, foi o 2º com a sua RC16 no TL4, antes de liderar a corrida de qualificação do Q2 para garantir a sua primeira pole-position em MotoGP.

O Q2 começou ensolarado e com uma temperatura alta apesar de algum vento, condições aproveitadas pelo português de 25 anos Miguel Oliveira para numa última tentativa conseguir a pole-position por uma magra diferença de um décimo de segundo. E, naturalmente, as suas expectivas para a corrida estão altíssimas. Um segunda vitória do luso em 2020, seria a cereja no topo do bolo para uma entrada com o pé direito na equipa de fábrica da KTM em 2021.

MIGUEL OLIVEIRA “Isto sabe mesmo bem. Sinceramente, sinto-me bem cada vez que saio de moto para esta pista e estou a desfrutar dela a cada volta. Esta foi a chave para um bom resultado. Quando desfrutamos assim da moto, de certa forma as coisas tornam-se mais fáceis. É bom fazer a minha primeira pole aqui em Portugal, mas ainda queremos ter uma corrida forte aqui amanhã e acabar o trabalho”.

Classificação do Q2:

1. Miguel Oliveira (POR) Red Bull KTM Tech3 1:38.892

2. Franco Morbidelli (ITA) Yamaha +0.044

3. Jack Miller (AUS) Ducati +0.146

4. Cal Crutchlow (GBR) Honda +0.264

5. Fabio Quartararo (FRA) Yamaha +0.307

9. Pol Espargaro (ESP) Red Bull KTM Factory Racing +0.392

13. Brad Binder (RSA) Red Bull KTM Factory Racing (Q1) 1:39.390

22. Mika Kallio (FIN) Red Bull KTM Tech3 (Q1) 1:41.753

Grelha de Partida