Piero Taramasso, da Michelin, explicou em algum detalhes os requisitos dos pneus a utilizar em Portimão este fim-de-semana:

“Estamos aqui em Portimão como uma alocação diferente de pneus, trazemos quatro misturas de frentes e quatro traseiras.”

“Isto é permitido pelas regras porque é uma nova pista em que nunca andámos com um piloto oficial..”

“Portanto as quatro frentes, são uma macia, uma média e duas duras e a diferença entre as duas duras é que uma é simétrica e a outra é assimétrica.”

“Quanto às traseiras, macio, médio e duro, e tal como a frente, o quarto pneu duro também é assimétrico e será usado em caso de desgaste excessivo dos pneus.”

“A quantidade de pneus que o piloto pode usar é maior, comparado com a alocação de uma comida normal, porque eles tiveram mais tempo no Treino Livre 1, que teve 25 minutos e no Treno Livre 2 dois também, por isso os pilotos ao longo deste fim-de-semana podem usar mais dois pneus traseiros!”

“As condições da pista parecem muito boas, a previsão do tempo para o fim-de-semana é boa, não se espera chuva e supostamente vão estar entre 15 e 22 graus com sol, o que são condições ideais para os pneus, mas em caso de chuva também temos duas especificações, um macio e um médio para a frente simétricos, e um macio e médio para a traseira, assimétricos, porque temos nove curvas para a direita, que é um stress para os pneus, e seis para a esquerda!”