O Treino Livre 4 começou com um grande duelo Honda-Yamaha, com vantagem inicial para Morbidelli, que também acabaria o mais rápido da Yamaha da Petronas

O Italo-Brasileiro liderou do começo, mas com as Honda de Nakagami e Crutchlow, logo a aparecer de seguida e Fábio Quartararo, algo dorido da sua queda anterior, em quarto, com Viñales em quinto.

Mais uma vez, Aleix Espargaró da Aprilia estava muito forte, a aperecer em sexto à frente de Mir, Dovizioso, Márquez e Rins.

A meio da sessão já era a Yamaha Monster de Maverick Viñales à frente, seguido de Quartararo e Morbidelli, liderança que durou até cerca de cinco minutos do fim, com as Honda de Nakagami e Cruchlow ainda 4º e 5º e Márquez a subir para sexto.

A um minuto do fim, surpresa total, com Alex Márquez a saltar para o comando, mas segundos depois, à bandeira Morbidelli responderia com um tempo de 1:48.551 que lhe deu a primazia da sessão, momentos antes do começo da Q1.

MotoGP, TL4, Top 10

121F. Morbidelli1:48.551273A. Márquez+0,105336J. Mir+0,143444P. Espargaró+0,198512M. Viñales+0,202620F. Quartararo+0,220730T. Nakagami+0,252835C. Crutchlow+0,26994A. Dovizioso+0,3021043J. Miller+0,308