Matteo Ferrari vai pilotar para Gresini no terceiro ano das MotoE, e o gestor tem ambições a um segundo título

“Queremos lutar pelo título com Ferrari”

Fausto Gresini

Em 2019, o Mundial de MotoE foi instituído como parte do Campeonato do Mundo de MotoGP, e desde então Matteo Ferrari terminou em primeiro e segundo lugar no campeonato. Para 2021 o Italiano vai ter um novo companheiro de equipa na Trentino Gresini Racing.

Das treze corridas de MotoE realizadas nas últimas duas temporadas, Matteo Ferrari venceu quatro. Campeão de 2019 e vice-campeão este ano (atrás de Jordi Torres), o italiano é assim o piloto mais bem sucedido desta classe.

Agora, o jovem de 23 anos e a Trentino Gresini Racing prolongaram o seu contrato até 2021.

“Esta será a nossa terceira temporada juntos, sempre fomos um dos principais protagonistas”, comentou Ferrari. “Os resultados até agora são importantes, e não se deve esquecer que esta é uma classe nova. Aceitei o desafio e sabia que tinha de adaptar rapidamente o meu estilo de condução. Graças a todos à minha volta, consegui. A experiência adquirida dá-me uma visão confiante do futuro em termos das minhas possibilidades, mesmo que tivesse de mudar para outra categoria e ter de me adaptar a outra motocicleta. O objetivo para mim e para a equipa é continuar ao nível das nossas conquistas anteriores.”

Este ano, Ferrari teve Alessandro Zaccone, de 21 anos, que acabou em 12º, como seu companheiro de equipa. Apora, Andrea Mantovani, que vem do Campeonato Italiano de Superbike e vai pilotar pela primeira vez uma máquina elétrica da Energica em 2021, assume o seu lugar.

“Para mim, haverá muitas coisas novas para descobrir”, diz o jovem de 26 anos. “Até agora, só andei de moto tradicional, e 2021 será certamente um ano muito construtivo.”

“Queremos voltar a ser um dos protagonistas”, sublinhou o líder da equipa, Fausto Gresini. “Em 2020, perdemos por pouco o título e lutámos por ele até à última corrida. A nossa ideia é que voltemos a lutar pelo título, com o Ferrari estamos certamente em posição de o fazer. Confio em Mantovani, que se sairá bem.”

Os primeiros testes estão agendados para Março, altura em que a equipa se vai preparar para andar no Circuito de Jerez de 2 a 4 e 29 a 31 desse mês.

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.