Sébastien Loeb anunciou hoje que vai disputar o Dakar 2021 com a Bahrain Raid Xtreme (BRX). Mas afinal quem são?

A BRX foi fundada pela Prodrive International, numa parceria entre Prodrive e Mumtalakat, o fundo soberano do Reino do Bahrain. Portanto, financiamento é ‘coisa’ que não vai faltar.

A Prodrive International é um ‘braço’ da Prodrive, e naturalmente trabalha no desenvolvimento de carros de corrida e ralis. Foi criada com o objetivo de conceber e fabricar carros para competir – e se possível vencer – o Rali Dakar a partir de 2021. David Richards, fundador e presidente da Prodrive, lidera a também BRX, ele que há muito tem ligações ao Médio Oriente, pois já durante a década de 1970, a Prodrive Porsche venceu o Campeonato de Ralis do Médio Oriente, em numerosas ocasiões.

Desde então, e como se sabe, David Richards liderou muitas equipas nos desportos motorizados, todas elas baseadas na ‘sua’ Prodrive, alcançando seis Campeonatos do Mundo de Ralis, cinco triunfos nas 24 Horas de Le Mans, foi vice-campeão no Mundial de Construtores de Fórmula 1 com a Lucky Strike BAR-Honda em 2004.

Os novos carros da Prodrive International irão competir na classe T1, a mais alta no Dakar. Dois carros estão a ser fabricados e operados pela Prodrive International, que também produzirá outros carros, tendo intenção dos vender a clientes.

A equipa tem como diretor David Richards, o Chefe de Equipa é Paul Howarth, Diretor de Operações da Prodrive, David Lapworth é o Diretor Técnico, tudo gente bem conhecida e experiente.

O carro é um buggy com motorização V6 de 3.500 cc twin-turbo (gasolina) de tração total (4X4), com cerca de 400 cv e 700 Nm de binário. O propulsor é de origem Ford, o carro tem chassis tubular em aço, carroçaria em fibra de carbono e pesa cerca de 1.850 kg, mede 4.5 metros, as suspensões são independentes de duplo eixo, que oferece à suspensão uma geometria bem diversa. Para percorrer as grandes distâncias ao longo das etapas mais longas do Dakar, o carro pode transportar até 500 litros de combustível.

Como se sabe, Sébastien Loeb fará parte da dupla da BRX na categoria T1, e terá ao lado o vencedor do Dakar de 2014, Nani Roma, cuja nomeação já é conhecida desde setembro do ano passado. O ano passado o espanhol teve Ricardo Porém como colega de equipa na Borgward, desta feita será Loeb. Boas companhias para o espanhol.