Líder da classificação geral das motos à chegada à etapa 10, Jose Ignacio Cornejo viu as suas aspirações à vitória chegarem ao fim.

Sofri uma queda bastante forte que me deixou inconsciente durante uns minutos” contou o chileno nas redes sociais. “Acabei por conseguir voltar a montar-me na moto mas ela estava toda dobrada.”

O piloto da Honda não desistiu e foi até ao fim. “Acabei a etapa 10 mas, por segurança, tenho que fazer exames médicos depois da pancada muito forte que dei com a cabeça. Sinto como se tivesse sido atropelado por um comboio mas vou ficar bem.”

Naturalmente desapontado, “Nacho” concluiu: “Estivemos perto do grande sonho mas ainda não foi desta.”

Com o abandono de Cornejo, a vitória no Dakar será agora discutida pelos seus companheiros de equipa, Kevin Benavides e Ricky Brabec.

:.

(Foto: Instagram Nacho Cornejo)