Fórmula E, Félix da Costa: “O nível das equipas e pilotos está muito alto”

A corrida realiza-se às 15h00 de sábado, e poderá ser acompanhada na integra em direto no Eurosport.

Depois da brilhante vitória em Riade (Arábia Saudita), na primeira corrida da temporada 2018/2019 da Fórmula E, Marraquexe recebe este fim-de-semana a segunda ronda da época, com a BMW e António Félix da Costa motivados e apostados em se manterem na liderança do campeonato, numa prova que se espera muito disputada, com vários pilotos candidatos à luta pelos lugares da frente.

Ainda que a vitória tenha tido sem dúvida um valor especial, António Félix da Costa mantem um discurso discreto e principalmente focado no trabalho conjunto com a equipa e com a BMW: “a vitória de Riade foi incrível sem dúvida, mas isso já lá vai e agora o foco é totalmente neste fim-de-semana. Trabalhámos muito em algumas áreas menos fortes do nosso carro, que sentimos necessárias para nos mantermos fortes na luta pelos lugares da frente. Ao contrário de Riade, Marraquexe é um circuito que todas as equipas conhecem, por isso penso que o equilíbrio será ainda maior. O nível das equipas e pilotos está muito alto, portanto nesta fase o importante não são as contas do campeonato, mas sim pensar corrida a corrida e trazer para casa o maior número de pontos, sempre com inteligência e sem cometer erros. É esse o foco!”, referiu Félix da Costa, que é atualmente líder isolado do campeonato, com 28 pontos, mais 10 que Jean Eric Vergne.

Conforme se viu na ronda inaugural, a competitividade da Fórmula E e sobretudo o nível de performance dos carros GEN 2 evoluiu muito, com os carros agora a disporem de 250KW em qualificação e 200KW em corrida.

De realçar também que Félix da Costa foi um dos pilotos que venceram a competição do ‘Fanboost’ em Riade, que premeia os cinco pilotos mais votados pelo público a terem momentaneamente um suplemento de potência. Uma das novidades desta temporada é o “Attack Mode”, onde os pilotos terão zonas especificas onde podem sair da linha ideal de trajetória e passar por cima de três “pick up points”, dispondo depois durante um período de 25KW extra. Com todas estas alterações e com a duração da corrida de 45 minutos mais uma volta, a tática e estratégia dos pilotos e equipas tem sem dúvida um papel ainda mais decisivo nas lutas em pista.

Horário
Sábado, 12 de janeiro
Treinos Livres 1 07:15 – 08:00
Treinos Livres 2 09:15 – 09:45
Qualificação 11:00 – 11:45
Super Pole 11:45 – 12:05
Corrida 15h00

A corrida, com 45 minutos de duração + uma volta, que poderá ser acompanhada na integra em direto no canal Eurosport.

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Motores, Atualidade, Entretenimento, Lifestyle, Tecnologia e Desporto.

Subscreva para receber no seu email, a dose diária recomendada de informação, sem contraindicações.