É “praticamente certo” que a Itália vai receber um segundo Grande Prémio em 2020, para lá de Monza. Quem o diz é o Presidente da Câmara de Florença, Dario Nardella, que pelo que se percebe, está muito otimista quanto à possibilidade do circuito local de Mugello, que, recorde-se é propriedade da Ferrari, receber um corrida uma semana depois de Monza: “Um segundo grande prémio em Itália este ano é praticamente certo e isso entraria nos anais do automobilismo mundial, mas também na história de Florença. Cruzamos os dedos, porque nunca estivemos tão perto desta oportunidade de ver a Fórmula 1 em Mugello”, disse o Presidente da Câmara de Florença, citado pela imprensa italiana.
Como se percebe, não é só Portugal e Portimão que estão confiantes em receber a F1 ainda este ano, sendo que como já explicámos, a presença de Mugello no calendário não invalida Portimão, nem o contrário. Ou seja, pode haver lugar para as duas, sendo que isso só sabermos quando existir uma decisão oficial que já não deve passar da próxima semana. A La Gazzetta dello Sport acrescenta que Mugello e Imola estão a lutar pela mesma data de corrida. Outro dado a baralhar as coisas é o facto da Rússia se disponibilizar para ter um segunda corrida em Sochi.
Como percebemos, não há “favas contadas para ninguém”.