Sebastian Vettel revelou ter sentimentos mistos sobre a possibilidade de Lewis Hamilton chegar ao recorde, quase inimaginável, de Michael Schumacher, que soma 91 vitórias na Fórmula 1. Se o inglês da Mercedes vencer, será a 91ª vitória da sua carreira e isso iria igualá-lo a Michael Schumacher, que em 2001 ultrapassou as 51 vitórias de Alain Prost. Vettel passou a somar mais triunfos que Prost há dois anos, mas tal como muita gente, sempre achou que as 91 vitórias de Schumacher eram um número que parecia impossível de alcançar. A verdade é que esse recorde já não deve passar deste ano. Se calhar já não passa das duas próximas corridas. Ou até, em Portugal, porque não? “Olhando para os últimos anos e o historial do Lewis, a questão foi-se tornando cada vez mais numa questão de tempo. Fico triste porque o Michael ainda é o meu herói. Por outro lado, ficarei muito feliz pelo Lewis. Penso que ele merece todo o sucesso que teve nos últimos anos, e que vai ter neste ano. Não sei se ele vai ficar na F1, acho que sim, nos próximos anos. Portanto, emoções mistas, é assim que me sinto”.