Charles Leclerc, piloto da Ferrari, espera de Carlos Sainz um desafio semelhante ao que lhe foi colocado por Sébastian Vettel o ano passado, não se sentido, por isso, automaticamente piloto número um da Scuderia. Com Vettel, houve muita faísca em 2019, e sendo verdade que muitos pensam que a Leclerc foi dado um estatuto de piloto número 1 da equipa, e colocado a seu lado um bom segundo piloto, Leclerc diz que espera do espanhol um teste tão duro como o que recebeu do alemão: “Claro que Carlos (Sainz) vai desafiar-me, vai ser muito rápido. Eu não me tornei automaticamente o número um. Penso que o Carlos é um grande piloto e vai mostrá-lo, se isso já não for óbvio para todos. Para mim vai ser um grande desafio, mas diferente de pilotar lado a lado com Vettel”, disse Leclerc ao L’Équipe.
Recorde-se que Leclerc obteve sete poles e duas vitórias na sua primeira temporada com a Scuderia em 2019, vendo o seu contrato prolongado em dezembro por mais cinco anos. Carlos Sainz assinou um contrato de dois anos, até ao final de 2022.