Alexey Lukyanuk/Dmitriy Eremeev (Citroen C3 R5) vencem a primeira ronda do Campeonato da Europa de Ralis, o Rali de Roma. A dupla russa venceu todas as especiais no primeiro dia. No segundo dia, geriram o rali, sem vencer nenhuma especial, terminaram na frente com uma vantagem de 16.1s. No final do rali, Lukyanuk afirmou: “Tivemos um ritmo bem consistente. Estou muito feliz. Vamos agora celebrar e depois pensar no próximo. Foi fantástico”.

Na segunda posição ficaram a dupla italiana de Giandomenico Basso/Lorenzo Granai (Volkswagen Polo GTI R5). Os vencedores de 2019 não conseguiram apanhar a dupla russa no primeiro dia e apesar de três vitórias em especiais hoje, não foi suficiente para vencer. A terceira posição na primeira ronda do FIA ERC ficou para Oliver Solberg e Aaron Johnston (Volkswagen Polo GTI R5). O jovem sueco, estreou-se em ralis de asfalto, conseguindo um excelente resultado.

Craig Breen/Paul Nagle (Hyundai i20 R5) terminaram na quarta posição. Na estreia dos pneus da MRF Tyres, a dupla irlandesa teve alguns problemas no primeiro dia, tendo ficado a quase dois minutos da liderança. Simone Tempestini/Sergiu Itu (Skoda Fabia R5) fecham os cinco primeiros, tendo ficado a apenas 1.3s da quarta posição.

(Em atualização)

Na classe ERC3Junior, Pedro Antunes e Pedro Alves (Peugeot 208 Rally4) não conseguiram a vitória. Depois de vencerem seis especiais neste segundo dia, à partida para a última especial do rali estavam na frente da categoria por 4.3s. Mas, segundo informações à chegada, a dupla portuguesa teve um acidente na última especial, não conseguindo a vitória na classe. A dupla está bem.

Também neste rali estiveram presentes Pedro Almeida e Hugo Magalhães (Peugeot 208 Rally4). A dupla portuguesa desistiu no primeiro dia, mas voltou neste segundo dia para adquirir experiência.

(atualizado às 17h12)