Dakar, Etapa 4: Brabec e Honda derrotam Walkner e KTM, Gonçalves 6º

Brabec é o novo líder da prova

Está completa para os homens da frente a quarta etapa da edição de 2019 do Dakar. Pela frente novamente muita areia e 401 quilómetros cronometrados, naquele que é o maior troço cronometrado deste Dakar. Para além disso esta foi igualmente a primeira parte de uma tirada maratona, isto é, no final do dia apenas os pilotos podem prestar assistências às suas motos.

Neste dia que ligou Arequipa a Moqueagua, os dois  principais protagonistas foram pilotos que na véspera perderam muito tempo, devido a erros de navegação, e que hoje aproveitaram da melhor forma o facto de partirem mais atrás, tendo referências , dos outros pilotos, do percurso a seguir.

Falamos de Ricky Brabec e Matthias Walkner, pilotos que já haviam discutido a vitória na etapa de anteontem. Ao contrário desse dia, hoje a vitória caiu para Brabec, que assim permitiu à Honda vencer a segunda etapa em quatro já disputadas. O ataque final de Ricky na fase decisiva da jornada foi fatal para as aspirações de Walkner que ficou a 6m19s da vitória. A KTM teve de contentar-se com as posições seguintes que foram ocupadas pelo já referido Matthias Walkner, Toby Price e Sam Sunderland.

Por outro lado os heróis da véspera, Xavier de Soultrait, Kevin Benavides e Pablo Quintanilla sofreram na pele o facto de terem obrigatoriamente de abrir a pista e com isso perderam muito tempo, o que se reflectiu na classificação geral. Quintanilla perdeu mesmo o comando da corrida para Rick Brabec, sétimo à partida para a tira de hoje, sendo agora segundo a 2m19s do norte-americano.

Quanto a Paulo Gonçalves realizou mais uma jornada muito sólida e sem excessos. Resultado foi um positivo sexto lugar. Na geral, subiu um lugar e é agora oitavo a 20m45s de Ricky Brabec.

Em atualização…

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Motores, Atualidade, Entretenimento, Lifestyle, Tecnologia e Desporto.

Subscreva para receber no seu email, a dose diária recomendada de informação, sem contraindicações.