Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia R5 Evo) venceram o Rali de Castelo Branco, segunda prova do Campeonato de Portugal de Ralis. Segunda posição para Bruno Magalhães/ Carlos Magalhães (Hyundai i20 R5) que ficaram a 7.3s. O pódio ficou completo por Ricardo Teodósio/José Teixeira (Skoda Fabia R5 Evo) que ficaram a 43s dos vencedores e a 35.7s dos Magalhães.

Atrás do pódio ficaram Pedro Meireles/Mário Castro (Volkswagen Polo GTI R5) que aproveitaram os problemas de José Pedro Fontes/Inês Ponte (Citroen C3 R5) para herder a quarta posição. João Barros/Jorge Henriques (Citroen C3 R5) fecharam os cinco primeiros a mais de dois minutos da liderança.

Já José Pedro Fontes/Inês Ponte (Citroen C3 R5) conseguiram finalizar o rali com o décimo posto à geral. Miguel Correia/António Costa (Skoda Fabia R5) foram os sextos classificados, Manuel Castro/Ricardo Cunha (Skoda Fabia R5) conquistaram a sétima posição, com Carlos Martins/José Pedro Silva (Citroen DS3 R5) na oitava posição.

Pedro Antunes/Pedro Alves (Peugeot 208 Rally4) foram os melhores das duas rodas motrizes, conseguindo levar o novo 208 Rally4 à nona posição da geral, ficando a cerca de três minutos dos vencedores.

Nas duas ultimas especiais do dia de hoje, Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia R5 Evo) estiveram a gerir a sua vantagem para Bruno Magalhães/ Carlos Magalhães (Hyundai i20 R5). Não vencendo nenhuma especial, a dupla do Skoda manteve a distância em cerca de sete segundos.

Já Bruno Magalhães/ Carlos Magalhães (Hyundai i20 R5) ainda tentaram, mas não conseguiram alcançar Araújo/Ramalho. Na antepenúltima especial, José Pedro Fontes/Inês Ponte (Citroen C3 R5) foram os mais rápidos, após os problemas que tiveram na primeira especial do dia de hoje – CLIQUE AQUI PARA LER MAIS.

Foto: ZOOM